Com 19 anos de muita história para contar, o Grupo de Teatro Estrada nasceu na cidade de Indaiatuba, interior do estado de São Paulo e foi fundado pela diretora e dramaturga Paloma Dourado. Além disso é o idealizador e criador do Proscênio – Festival de Teatro de Indaiatuba que, no ano de 2013, aconteceu em nível estadual dos dias 08 a 30 de Novembro com 23 apresentações teatrais na cidade de Indaiatuba de grupos diversos do estado de São Paulo.

Androgeno_8Com o intuito de construir uma identidade e linguagem própria teatral, o Grupo de Teatro Estrada é caracterizado pelo teatro de repertório, textos de autores brasileiros, dramaturgia própria e criação coletiva.

O Grupo conta com 17 trabalhos peças  em seu repertório, entre infantis e adultas. Tais trabalhos representaram e representam Indaiatuba em todo o estado de São Paulo, na própria cidade de São Paulo, em festivais e mostras. Em sua trajetória ganhou alguns festivais como o FESTIR (Festival de teatro amador de Indaiatuba e Região), FECAMTA (Festival de teatro amador de Campinas) como melhor peça “A MISSÃO”. Sempre participa do MAPA CULTURAL PAULISTA em 2013 ganhou a fase municipal e na fase regional, em Pirassununga, a atriz Fernanda Bugallo recebeu menção honrosa por atuação. Nos anos anteriores, ainda no MAPA CULTURAL PAULISTA ganhou o Honra ao mérito por texto original da peça “Conjugal” e também do FETEI (Festival de teatro estudantil) com melhor texto original da peça “A MISSÃO”.

Em 2012, durante o XI Festival de Cenas Curtas de Sumaré, o Grupo recebeu duas indicações: Prêmio de melhor texto original com a cena “PALAVRAS” da dramaturga Paloma Dourado e prêmio de melhor atriz, Fernanda Bugallo.

O ESTRADA busca, antes de tudo, transmitir a identidade por meio das peças que encena. Seja no teatro adulto, infanto-juvenil ou infantil, a mensagem e o texto é um dos principais elementos cênicos que o grupo utiliza. Há alguns anos o Grupo é contemplado pelo Projeto Ademar Guerra, em que a Secretaria do Estado envia um profissional de artes cênicas para orientar o grupo em seus projetos. O ESTRADA já teve orientação de grandes profissionais da arte cênica como: Vicente Báccaro, Ênio Gonçalves, Fábio Caniatto, Lucélia Machiavelli e Antonio Salvador, que trazem muitas novidades no que se refere à linguagem, concepção e técnicas aos atores e direção.

MONTAGENS:

SONHOS DE JUVENTUDE” (1996)
PROSTITUIÇÃO” (1997)
BAILEI NA CURVA” (1998)
ESPELHOS DA ALMA” (1999)
LAÇOS DE AMOR E ÓDIO” (2002)
A MISSÃO” (2003)
CONJUGAL” (2004)
BAILEI NA CURVA” (2006 – Remontagem em comemoração aos 10 anos de Grupo)
CREIO” (2006) PERDIDOS” (2007)
OS SALTIMBANCOS” (2009)
PICADEIRO DE ESTRELAS” (2009)
“A MISSÃO” (Remontagem para a Mostra dos 15 anos do Grupo)

“A FESTA DO FOLCLORE” (2011)
“ENTREATOS” (2011)
“PONTE RIO-SÃO PAULO (2012)
“PRO DIA NASCER FELIZ” (2012)
“A CAIXA FANTÁSTICA) (2013)